Dicas de como passar no Enem 2017

Como  Passar no Enem 2017

Existem muitos métodos de aprendizagem super conhecidos, como: resumir, destacar, usar mnemônicos, visualizar repetidamente as imagens para apreensão de textos e reler os conteúdos foram as estratégias classificadas como mais comuns entre os brasileiros. Mas a novidade é que a ciência veio desaprovar boa parte dessas técnicas de estudo, ou pelo menos diminuir a sua efetividade. Por tudo isso, no post de hoje vamos te mostrar como descobrir sua maneira de aprender e passar no Enem 2017.

 

1- A importância da visualização de imagens

 

Alguns especialistas em métodos de aprendizagem pediram que estudantes imaginassem figuras enquanto liam os textos. O resultado positivo foi somente em relação à memorização de frases. Em relação aos textos mais longos, a técnica se comprovou como pouco efetiva. A surpresa dos pesquisadores foi a transformação das imagens mentais em desenhos, mas isso também não demonstrou aumentar a aprendizagem e ainda trouxe o inconveniente de limitar os benefícios da imaginação do leitor. De qualquer maneira, isso não invalida completamente o uso de mapas mentais para estudos, considerando que esses consistem além de desenho a conexão de ideias e conceitos. Mas, comprovadamente, o resultado do estudo é que a visualização não é uma técnica efetiva para provas que exijam conhecimentos inferidos dentro dos textos.

 

2- Aprender a resumir

 

Fazer resumos dos pontos mais importantes de um texto com as principais ideias sempre foi uma técnica quase intuitiva de aprendizagem. Mas os atuais estudos mostraram que os resumos só são úteis para provas escritas, mas não para provas objetivas. Ainda que o resumo tenha sido classificado como de utilidade baixa, o método de aprendizagem através dos resumos ainda é mais útil do que a de destacar o texto e reler. Os pesquisadores dizem que a técnica pode ser uma estratégia efetiva para estudantes que são bons em produzir resumos.

 

3- A técnica da auto-explicação

 

Esse método de aprendizagem mostra ser uma técnica útil para aprendizagem de conteúdos mais abstratos. Tecnicamente, trata-se de ler o conteúdo e explicá-lo com suas próprias palavras para você mesmo. Os estudiosos dizem que essa técnica é mais efetiva quando utilizada durante o aprendizado, e não após o estudo.

 

4- O método do estudo intercalado

 

Esse tipo de método é o que os especialistas chamam de rotação de matérias. Pesquisas atuais procuram saber se era mais efetivo estudar tópicos de uma vez ou intercalando diferentes tipos de conteúdo de uma maneira mais aleatória e os cientistas concluíram que a intercalação tem utilidade maior nos aprendizados envolvendo movimentos físicos e tarefas cognitivas como as ciências exatas, por exemplo. Por isso, o principal benefício da intercalação, já comprovado pelos estudiosos, é fazer com que a pessoa consiga manter-se mais tempo estudando do que conseguiria ficar utilizando outras técnicas.

 

5- O método do teste prático

 

Está comprovado que realizar testes práticos sobre o que você está estudando é uma das melhores técnicas de estudo. A pesquisa científica demonstrou que realizar testes práticos é, inclusive, duas vezes mais eficiente do que outras técnicas. No caso específico de estudos para concursos públicos, a recomendação é fazer toneladas de exercícios de provas anteriores. E não apenas do cargo para o qual você está estudando, mas qualquer tipo de questão que encontrar, e a maneira mais fácil de realizar testes é utilizando sistemas específicos para isso, como os sites específicos de questões para concursos.

 

Caso você esteja estudando para passar no Enem 2017, seja para concursos públicos ou para a escola básica e média, não deixe de utilizar e recomendar esses métodos de aprendizagem e estude melhor para o Enem e melhore completamente o seu rendimento nos estudos para todo tipo de concurso, alcançando os seus objetivos e fazendo a diferença como estudante.

Deixe uma resposta